23 de agosto de 2012

Perdi muito, não conseguiria contar o quanto, afinal foram tantas percas. Mas nunca perdi tudo, mesmo nos ventos contrários, sempre mantive a fé.
Ah! Essa eu sempre guardo e levo aonde vou. Nasci persuadido.
(Nilson Silva Ramos)

7 comentários:

  1. Verdade.. Amei o seu prensamento... :)

    ResponderExcluir
  2. Sério? (risos)
    Culpa dos pensamentos soltos =)
    Obrigado Gabriela!
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério.. Penso que não importa a intensidade do ventos, se você tiver algo que te firme ao chão, nem furacão te derruba. E estamso firmados na nossa fé, "Ah! Essa eu sempre guardo e levo aonde vou."
      Um abraço. ^^

      Excluir
  3. Acho que quando perdemos na vida, seja coisasou até esseência de nós mesmos, se conseguimos manter a fé, não perdemos o principal: o sopro de Deus que habita em nós.
    Se caímos, levantamos.
    Se perdemos somos restituídos, ainda que de coisas novas.
    A fé nos alimenta e nos mantém vivos...

    É o que acho...

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, eu compartilho da mesma opinião que você.
      A fé é os alicerces que sustentam a casa inteira.
      Sabemos que algumas perdas são inevitáveis, a vida é uma mudança constante e temos que ser sempre perseverantes.

      Um grande abraço.

      Excluir
  4. Ainda bem que a fé eles não conseguem tirar da gente! Perdemos realmente tudo na vida, mas com fé, assim como no livro de Jó, tudo lhe será acrescentado em dobro no final!


    Bela postagem amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem!
      É verdade Andre, podemos perder tudo, mas se permanecemos fieis seremos restituídos.
      Obrigado Andre.

      Um grande abraço.

      Excluir