18 de junho de 2012

Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar...
É nossa razão de existir. 
(Luis Fernando Veríssimo)

2 comentários:

  1. Sem fé perdemos o chao e a possibilidade de voar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É verdade Juliana, sem fé perdemos muitas coisas.

    Beijos

    ResponderExcluir